0

Lá no Canadá 3

Oi gente! Tudo ok?

Mais uma brasileirinha mandando notícias.

Casal abençoado

 

O Canada só é ruim para quem vem pra cá com as perspectivas erradas.

Se a pessoa pensa em vir para ca para ficar rico, ganhar dinheiro ou ter uma promissora carreira profissional ela vai se frustar.

Estas coisas devem ser buscadas nos Estados Unidos da America, a terra das oportunidades.

O que o Canada oferece são outras coisas ……

Se a pessoa vem pro Canada por que teve problemas de familia ou problemas com amigos o Canada tambem será um problema grande pra ela. Pois estes problemas virao com ela.

Nao posso fornecer uma lista de coisas ruins do Canada, pois o Canada é uma escolha.

Escolhas sao sempre compostas de perdas e ganhos.

O meu conselho é que os futuros imigrantes preparem o coracão e todo seu emocional para tudo que vao ganhar e que vao perder quando vieram p/ ca.

Coloquem na balanca e vejam se serao felizes com o que vão ganhar e com o que vao perder.

Havera muitas perdas e muitos ganhos.

Mas cada um tem um saldo.

O meu foi positivissimo.

Perdi coisas que nao imaginava.

Ganhei coisas com as quais nunca tinha nem sonhado.

Minha vida foi 100% transformada.

Ainda tem sido transforada.

Nao tem uma formula, é muito particular.

 
Descrevo minha vida no Canada como um efeito bumerang.
Fui lançada com forca no ar.
Voei longe por lugares lindos.
E voltei carregada de flores.

O que desejo, é que seja tao bom p/ os leitores quanto tem sido p mim!

Muita vibe positiva de Deus p vcs!
 
Bacana né? até a próxima.
Fiquem com Deus.

 

6

Lá no Canadá 2

Oi gente!
Compartilhar com vocês histórias de como está a vida de algumas pessoas lá no Canadá, de como algumas pessoas fizeram para chegar lá.
#TáfacilNão
 
Estamos em Toronto há 2 meses e meio e posso dizer – não está sendo fácil pro meu marido conseguir trabalho. Assim como alguns daqui ele também é concursado no Brasil, ganhava muito bem…e pediu uma licença não remunerada por 3 anos para mudarmos pra cá pra realizarmos um sonho e realmente tentarmos ao máximo fazer a vida dá certo aqui
 
Bom, Ele já preparou o currículo com o auxílio para newcomers daqui (já omitiu o mestrado)…e já enviou mais de 40 currículos pra vagas na área dele… e ainda uns 30 pra áreas de empregos não qualificados – vendedor, bank teller…e NADA! 
As únicas propostas que apareceram foram para limpeza; segurança/concierge (tipo vigia de condomínio) e Tim hortons.
 
Há poucos dias ele conseguiu a primeira entrevista para um trabalho voluntário na área dele (publicidade/marketing) – que vale lembrar – está na lista do FSW como profissão em demanda (pois é…). E ele tem um bom background tanto no mercado como acadêmico, um bom nível de inglês, determinação e não tem problema de começar de baixo (e nem sequer de mudar de área se precisar). 
 
Mas o fato é – com exceção da TI – (embora tenho um amigo aqui em Toronto da TI também que ainda não conseguiu nada na área e tem bom nível de inglês) – as demais áreas sempre sofrem mais no início. É um início amargo as vezes….
 
Por agora, ele está fazendo trabalhos voluntários em ONGs, frequentando grupo de newcomers e muitos grupos de inglês free (pelo meet up) que graças a Deus, tem nos ajudado muito a fazer amizades com pessoas de todos os lugares do mundo.
 
Estamos confiantes e pensamos sim positivo, que tudo vai dá certo. Tb estamos mais tranquilos porque eu estou aqui estudando PhD na universidade de Toronto, então eu tenho bolsa de estudo….but anyway há sempre uma ansiedade/medo de que as coisas não dêem certo. 
Afinal ficar desocupado e não se sentir útil é ruim em qualquer momento, mas especialmente num inverno rigoroso, onde há tantos relatos de não adaptação e até depressão é meu maior receio.
 
Nós estivemos estudando o processo, as hitórias/experiências desde 2009…viemos sim bem preparados e tem dias que é preocupante e que bate o medo…mas com fé em Deus vai dá certo no fim!
Então, não é fácil…é uma experiência bem pessoal…e quem vem pra cá tem que está disposto a descer mesmooo de nível e ter disposição pra se adaptar ao máximo a nova língua, aprender como as coisas funcionam; trabalhar voluntário e receber muitos Nãos antes de um talvez!
Acho que é isso…. Boa sorte a todos recém chegados e a todos que estão se preparando pra essa nova caminhada!
 
Anônima
 
*****************************************************************************************************************************
 
 Passei quase 2 anos procurando emprego ainda do Brasil. Entrei no Canada definitivamente quase 3 anos depois de conseguir o visto. No final, depois de mais de mil resumes enviados e aprendendo o processo de entrevistas eu consegui. Viajei umas 7 vezes ao Canada (pagas por mim) para entrevistas.
 
Como fiz:
 
– fiz o landing, passei 1 mês de férias procurando emprego (sem sucesso); voltei denovo nas próximas férias; tirava dias de folga e voltava para o Canada mas antes mandava diversos currículos (resumes)
– omiti o fato que ainda morava no Brasil
– peguei o endereço de um amigo de Mississauga e um telefone de internet que tocava no meu skype do Brasil
– marcava entrevistas pessoalmente nas segundas-feiras assim poderia voar no fds e faltava ou trabalhava de casa na segunda (isso já no final pois antes naontinha como)
– tenho q admitir que no início eu tentei transferencia pela empresa que trabalhava, quase congui 2x
 
Problemas fazendo isso:
– nível de stress alto vc perde o foco no trabalho.
– vc tem que omitir ou mentir para futuros empregadores apesar que eles vão sacar que vc não mora a muito tempo
– gastei mais de 25 mil reais em viagens isso em 2010-2011 (sem considerar férias de períodos anteriores – final de 2008 – no ano seguinte nem tentei devido a crise financeira)
– depois de ir para final em 5 entrevistas e queimar uma grana eu já tava para desistir e vir sem emprego ou para uma pós como disseram aqui e ao caminho do aeroporto eu recebi uma proposta
 
Vantagens:
– não fiquei desempregado
– 25 mil reais é mais barato que 6 meses a 1 ano desempregado no Canada
– pude estudar e tirar certificações
– passar férias no Canada me ajudou a entender o pais
 
Foram aproximadamente 100 processos de emprego que participei e enviei quase 1000 resumes. Complicadíssimo fazer do Brasil mas não eu impossível.
 
Abs
Pedro
 
 
Abraços galera.
2

"Expresso de entrada"- Sistema de imigração 2015 – IMPORTANTE!

Olá!

OTTAWA, 08 de abril de 2014 / PRNewswire / – do Canadá Cidadania e ministro da Imigração, Chris Alexander anunciou hoje que o modelo de recrutamento ativo do Canadá para imigração económica será oficialmente chamado de ” entrada Expresso “. Programado para ser lançado em janeiro 2015 , “Expresso Entry “é um passo importante na transformação do sistema de imigração do Canadá em uma que seja rápida, flexível e focada em atender as necessidades econômicas e trabalhistas do Canadá.
Resumo: 
Existem trabalhos com maior escassez, e o foco será nisso, o preenchimento dessas vagas,onde não existem trabalhadores canadenses disponíveis. Os candidatos que recebem uma oferta de trabalho válido ou nomeação no Âmbitro do Programa Províncial nominee  (PNP) será rapidamente convidado a aplicar para a residência permanente. Será aberto a imigrantes qualificados e permitir que o governo para selecionar os melhores que têm mai probabilidade de ter sucesso no Canadá (poderiam especificar isso ????), e não aqueles que estão no início da fila (Isso é bom). Os candidatos podem esperar 6 mêses ou menos.

Tenho minhas dúvidas,não sei.Não acho que será tão simples, e não é negativismo,pensam:E que já está na fila?Como será isso?Como ficarão?Não é o meu caso,aliás olhando para o meu lado eu até que estou bem nesse novo processo,pois a profissão do digníssimo é de demanda lá nas terras geladas.Mas, e se mudarem regras de idade,proffissão,etc?

Vamos aguardar novos pronunciamentos.

Obs:quem tiver mais informação sobre esse post,por favor,aos comentários!

So long!



5

Confusa!

Olá!Tudo bem?

Sempre peço ao Pai maior para me mostrar o caminho certo,e assim que comecei esse processo LoveCanadá,meu primeiro contato foi com Manitoba,no meio do caminho fui atraída por outros caminhos,mas de uns dias para cá Manitoba (mais uma vez ) me chama,pela sua incrível quantidade de oportunidades para que vai imigrar:
1 – Custo acessíveis em educação,faculdades com preços legais.
2 – Seguro médico gratuíto para estudantes e seus dependentes!
3 – Devolve 60% do valor gasto nos estudos,no término.
4- É uma cidade linda!
Claro,tem muito mais, nosso caro amigo de imigração Odilon,fala mais á fundo nesse assunto.

Plano:Um ir para estudar,enquanto o outro trabalha,sim,o que estuda também vai trabalhar também….enfim,é isso,tô pensando muito!

Vamos ver,logo darei mais detalhes.

Fiquem em paz.

1

Ajudinha

Olá!

 Federal Skilled Worker (FSW)

Lendo horrores sobre esse processo,vi que é uma das formas mais conhecidas. O primeiro passo é ver se sua profissão está na lista :
  • 0211 Engineering managers
  • 1112 Financial and investment analysts
  • 2113 Geoscientists and oceanographers
  • 2131 Civil engineers
  • 2132 Mechanical engineers
  • 2134 Chemical engineers
  • 2143 Mining engineers
  • 2144 Geological engineers
  • 2145 Petroleum engineers
  • 2146 Aerospace engineers
  • 2147 Computer engineers (except software engineers/designers)
  • 2154 Land surveyors
  • 2174 Computer programmers and interactive media developers
  • 2243 Industrial instrument technicians and mechanics
  • 2263 Inspectors in public and environmental health and occupational health and safety
  • 3141 Audiologists and speech-language pathologists
  • 3142 Physiotherapists
  • 3143 Occupational Therapists
  • 3211 Medical laboratory technologists
  • 3212 Medical laboratory technicians and pathologists’ assistants
  • 3214 Respiratory therapists, clinical perfusionists and cardiopulmonary technologists
  • 3215 Medical radiation technologists
  • 3216 Medical sonographers
  • 3217 Cardiology technicians and electrophysiological diagnostic technologists, n.e.c. (not elsewhere classified)
Ver se sua profissão é compatível com a formação do Canadá.
Depois você passará pela tabela de pontos,falei sobre isso aqui:

Ajudinha boa viu…

Bjs

4

Passo 1

Passo 1

Certamente eu já deveria ter escolhido a minha Cidade no Canadá,tá fácil não,mas ainda estou lendo muito sobre isso,até porque somos 5,então, tudo envolve 5 escolhas:A cidade menos fria, a que dá mais condição de trabalho, boas escolas, transporte fácil…muita coisa.
Enfim, no meio ainda dessa escolha, dei o primeiro passo:O passaporte Senhor!!!
Dei entrada hoje,vamos aguardar!

Bjs

0

Critérios de pontuação

Olá!
Vi na Imigração Canadense os critérios de pontuação para o processo Federal de Trabalhador Qualificado (Federal Skilled Worker). É preciso pelo menos 67 de um total de 100 pontos – assim como já ocorria no processo antigo.
Vale lembrar ainda que além de somar pelo menos 67 pontos o candidato precisa ter formação e experiência de trabalho em alguma das 24 profissões selecionadas pela Imigração Canadense.
Vamos lá:

  • Idade

Pontuação máxima: 12 pontos
18 a 35 anos: 12 pontos
36 anos: 11 pontos
37 anos: 10 pontos
38 anos: 9 pontos
39 anos: 8 pontos
40 anos: 7 pontos
41 anos: 6 pontos
42 anos: 5 pontos
43 anos: 4 pontos
44 anos: 3 pontos
45 anos: 2 pontos
46 anos: 1 ponto
47 ou mais: 0 pontos

  • Domínio do Inglês e ou Francês

Pontuação máxima: 28 pontos
24 pontos (primeira língua) e 4 pontos (segunda língua)
Pontuação – primeira língua
Nível CBL 9 de inglês ou francês: 24 pontos
Notas que precisam ser tiradas no IELTS:
Listening: 8
Reading: 7
Writing: 7
Speaking: 7
Nível CBL 8 de inglês ou francês: 20 pontos
Notas que precisam ser tiradas no IELTS:
Listening: 7.5
Reading: 6.5
Writing: 6.5
Speaking: 6.5
Nível CBL 7 de inglês ou francês: 16 pontos
Notas que precisam ser tiradas no IELTS:
Listening: 6.0
Reading: 6.0
Writing: 6.0
Speaking: 6.0
*CLB: Canadian Language Benchmark
**não são mais aceitos pedidos de candidatos com nível abaixo do CBL 7.
Dúvidas:

  • Nível de Formação

Pontuação máxima: 25 pontos
– PHD: 25 pontos
– Mestrado ou graduação em determinadas áreas profissionais*: 23 pontos
– dois ou mais diplomas de faculdade (sendo que um dele precisa ser de pelo menos 3 anos de duração): 22 pontos
– diploma de faculdade de 3 ou mais anos de duração: 21 pontos
– diploma de faculdade de 2 anos de duração: 19 pontos
– diploma de faculdade de 1 ano de duração: 15 pontos
– colegial completo: 5 pontos
Observação:
No novo pedido não basta apenas adicionar cópia de seu diploma / histórico de graduação (ou pós). Agora você precisa adicionar também uma certificação que irá indicar qual é o seu nível educacional em relação ao sistema de educação canadense. Esse certificado de equiparação é emitido por orgãos nomeados pela própria Imigração Canadense. Mais informações sobre como credenciar seu diploma:

  • Experiência de Trabalho no Brasil:

Pontuação máxima: 15 pontos*
– 1 ano de experiência de trabalho no Brasil: 9 pontos
– 2 a 3 anos: 11 pontos
– 4 a 5 anos: 13 pontos
– 6 ou mais anos: 15 pontos
*a experiência de trabalho deve ser em uma das seguintes 24 profissões:

  •  Experiência de Trabalho prévia no Canadá:

– ter 1 ano de experiência de trabalho (período integral) no Canadá: 10 pontos
*mais informações:

  •  Estudo prévio no Canadá

– ter 1 ano de estudo em período integral no Canadá: 5 pontos
*a experiência de estudo acadêmico deve ter sido em um programa de pelo menos 2 anos de duração (mínimo de 15 horas de aula por semana)
**mais informações:

  • Pontos extras para acompanhante

(marido / esposa / parceiro / parceira)
O aplicante principal pode ganhar ainda pontos extras de adaptabilidade em caso de estar imigrando com acompanhante (esposa / marido / parceiro / parceira):
– 5 pontos: se acompanhante já estudou no Canadá*
– 5 pontos: se acompanhante já trabalhou por pelo menos 1 ano (período integral) no Canadá
– 5 pontos: se acompanhante possui inglês ou francês nível CLB 4 (ou maior).
*a experiência de estudo acadêmico deve ter sido em um programa de pelo menos 2 anos de duração (mínimo de 15 horas de aula por semana)

  • Outros pontos extras

Se você ou seu acompanhante possui parentes próximos no Canadá (filhos, netos, pais ou avós): 5 pontos extras
Se você tem uma oferta de emprego de uma empresa canadense: 5 pontos extras
Idade realmente é uma coisa que preocupa, corrida contra o tempo!rsrs
Bjs
2

Novidades…

  Olá, a novidade é que desistimos de Manitoba (por enquanto), vamos tentar por outras províncias,será melhor.
Em conta disso,já pesquisei sobre outras províncias,como vivem,trabalho,educação,imigração…ufa!Muita coisa,mas tô adorando,enquanto estou com tempo,logo começa a correria de trabalho,faculdade,escola das crianças.
Por conta disso separei uns Links úteis pra ajudar vocês.

PROCESSO DE IMIGRAÇÃO

Pra saber se é aceito:
http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/eligibility.asp

Províncias
http://www.immq.gouv.qc.ca/
http://www.settlement.org/
http://novascotiaimmigration.ca/
http://www.immigratemanitoba.com/
http://www.aeei.gov.sk.ca/immigration

Buscando emprego
http://www.workingincanada.gc.ca/home-eng.do?lang=eng
http://www.wowjobs.ca/
http://www.cvit.ca/
http://www.eluta.ca/
http://www.beljob.ca/

Espero ter ajudado,logo colocarei mais links.

Bjs


2

Em 2015…

Passeando por aí achei essas informações em um site, o governo canadense apresentou seu plano de imigração para 2015,o programa, chamado de Expression of Interest (EOI):

Canada-Passport
De acordo com o ministro de imigração canadense, o novo programa funcionará em duas etapas:
Primeiramente, será criado um grande lote de candidatos (Fácil) que deverão preencher uma aplicação online com os dados pessoais, experiências profissionais e acadêmicas. Ainda nesta etapa, os aplicantes deverão ainda manifestar seus interesses em imigrar ao Canadá.
Os governos estaduais e federal, além das empresas, terão acesso às aplicações para escolherem os candidatos que melhor atendam suas necessidades. Aqueles que forem selecionados, serão “convidados” para a segunda etapa, que consiste em aplicar para residência permanente.
“Os trabalhadores estavam levando uma década para chegar ao Canadá. Com este novo modelo, o objetivo é processar os pedidos em seis meses ou menos”,(Maravilha!!!!!!!!!) disse o ministro sobre as expectativas para o novo sistema.
Concordo!
Em tese, este sistema deve reduzir o tempo dos imigrantes para encontrar um emprego depois de chegarem ao Canadá, já que as empresas participam do processo de seleção. Além disso, o programa vai permitir que vagas de emprego sejam ocupadas de acordo com a demanda de cada região. E, ainda, por serem aplicações específicas, o tempo de espera dos candidatos deverá ser menor.
Bom,parece uma boa,mas,será?
Bjs