6

Lá no Canadá 2

Oi gente!
Compartilhar com vocês histórias de como está a vida de algumas pessoas lá no Canadá, de como algumas pessoas fizeram para chegar lá.
#TáfacilNão
 
Estamos em Toronto há 2 meses e meio e posso dizer – não está sendo fácil pro meu marido conseguir trabalho. Assim como alguns daqui ele também é concursado no Brasil, ganhava muito bem…e pediu uma licença não remunerada por 3 anos para mudarmos pra cá pra realizarmos um sonho e realmente tentarmos ao máximo fazer a vida dá certo aqui
 
Bom, Ele já preparou o currículo com o auxílio para newcomers daqui (já omitiu o mestrado)…e já enviou mais de 40 currículos pra vagas na área dele… e ainda uns 30 pra áreas de empregos não qualificados – vendedor, bank teller…e NADA! 
As únicas propostas que apareceram foram para limpeza; segurança/concierge (tipo vigia de condomínio) e Tim hortons.
 
Há poucos dias ele conseguiu a primeira entrevista para um trabalho voluntário na área dele (publicidade/marketing) – que vale lembrar – está na lista do FSW como profissão em demanda (pois é…). E ele tem um bom background tanto no mercado como acadêmico, um bom nível de inglês, determinação e não tem problema de começar de baixo (e nem sequer de mudar de área se precisar). 
 
Mas o fato é – com exceção da TI – (embora tenho um amigo aqui em Toronto da TI também que ainda não conseguiu nada na área e tem bom nível de inglês) – as demais áreas sempre sofrem mais no início. É um início amargo as vezes….
 
Por agora, ele está fazendo trabalhos voluntários em ONGs, frequentando grupo de newcomers e muitos grupos de inglês free (pelo meet up) que graças a Deus, tem nos ajudado muito a fazer amizades com pessoas de todos os lugares do mundo.
 
Estamos confiantes e pensamos sim positivo, que tudo vai dá certo. Tb estamos mais tranquilos porque eu estou aqui estudando PhD na universidade de Toronto, então eu tenho bolsa de estudo….but anyway há sempre uma ansiedade/medo de que as coisas não dêem certo. 
Afinal ficar desocupado e não se sentir útil é ruim em qualquer momento, mas especialmente num inverno rigoroso, onde há tantos relatos de não adaptação e até depressão é meu maior receio.
 
Nós estivemos estudando o processo, as hitórias/experiências desde 2009…viemos sim bem preparados e tem dias que é preocupante e que bate o medo…mas com fé em Deus vai dá certo no fim!
Então, não é fácil…é uma experiência bem pessoal…e quem vem pra cá tem que está disposto a descer mesmooo de nível e ter disposição pra se adaptar ao máximo a nova língua, aprender como as coisas funcionam; trabalhar voluntário e receber muitos Nãos antes de um talvez!
Acho que é isso…. Boa sorte a todos recém chegados e a todos que estão se preparando pra essa nova caminhada!
 
Anônima
 
*****************************************************************************************************************************
 
 Passei quase 2 anos procurando emprego ainda do Brasil. Entrei no Canada definitivamente quase 3 anos depois de conseguir o visto. No final, depois de mais de mil resumes enviados e aprendendo o processo de entrevistas eu consegui. Viajei umas 7 vezes ao Canada (pagas por mim) para entrevistas.
 
Como fiz:
 
– fiz o landing, passei 1 mês de férias procurando emprego (sem sucesso); voltei denovo nas próximas férias; tirava dias de folga e voltava para o Canada mas antes mandava diversos currículos (resumes)
– omiti o fato que ainda morava no Brasil
– peguei o endereço de um amigo de Mississauga e um telefone de internet que tocava no meu skype do Brasil
– marcava entrevistas pessoalmente nas segundas-feiras assim poderia voar no fds e faltava ou trabalhava de casa na segunda (isso já no final pois antes naontinha como)
– tenho q admitir que no início eu tentei transferencia pela empresa que trabalhava, quase congui 2x
 
Problemas fazendo isso:
– nível de stress alto vc perde o foco no trabalho.
– vc tem que omitir ou mentir para futuros empregadores apesar que eles vão sacar que vc não mora a muito tempo
– gastei mais de 25 mil reais em viagens isso em 2010-2011 (sem considerar férias de períodos anteriores – final de 2008 – no ano seguinte nem tentei devido a crise financeira)
– depois de ir para final em 5 entrevistas e queimar uma grana eu já tava para desistir e vir sem emprego ou para uma pós como disseram aqui e ao caminho do aeroporto eu recebi uma proposta
 
Vantagens:
– não fiquei desempregado
– 25 mil reais é mais barato que 6 meses a 1 ano desempregado no Canada
– pude estudar e tirar certificações
– passar férias no Canada me ajudou a entender o pais
 
Foram aproximadamente 100 processos de emprego que participei e enviei quase 1000 resumes. Complicadíssimo fazer do Brasil mas não eu impossível.
 
Abs
Pedro
 
 
Abraços galera.
0

Carnaval!!

Olá, tudo bem?

Estamos no Brasil, é fevereiro, é carnaval….eba!!
Eba NÃO!Não sou muito de carnaval,admiro muito quem gosta,pra não falar que NÃO gosto definitivamente,gosto dos desfiles,sou BEIJA FLOR!!
Trio elétrico,blocos,festinhas,espumas,fantasias…..tenho pavor de bate-bola!Enfim….não me agrada.

Vou viajar nesse carnaval,vou para um dos variados paraísos do Brasil: Angra dos Reis

Aí,para não perdermos o foco CANADÁ,conheci uma pessoa MARAVILHOSA que está me ajudando muito,esclarecendo muitas coisas.Logo vou divulgar aqui. E hoje, o Caio Prezia publicou isso:
MARAVILHOSA AJUDA!!
BOM CARNAVAL Á TODOS,SE CUIDEM!!